Galhos a dançar

Há uma árvore lá na esquina que por sorte não caiu doente. Em tortuosa dúvida ela se inclina diante do passante sorridente. As mais novinhas espirram com o frio de junho, caindo no gramado suas pinhas, elas se encolhem com o vento soturno. Já a árvore da esquina prefere a sua forma cultivar. Faz exercício […]

A fúria da loja de departamento

O furor alimentava a calçada cinza, apinhada de botas, casacos e olhares curiosos. Na pequena cidade, a obra que durava alguns meses, isolada por tapumes, se revelou como uma loja de departamento de quatro andares. As pessoas sussurravam olhando para cima. As portas se abriram e a curiosidade alimentava as pessoas por entre os corredores, […]

São Paulo debaixo de neve

Eu sempre desejei escrever um conto mergulhado na neve e no frio europeu. Vivendo em São Paulo, que nem terra da garoa é mais, já que quando chove ganhamos de presente dos céus enchentes que colocam a cidade em estado de atenção, não me parecia possível escrever esse tipo de cenário sem ao menos vivenciá-lo […]

Sem Penas – Digno de Uma Novela Mexicana

O ano era 2009, eu lembro muito bem de estar ouvindo uma música, tema de minha série favorita na época, e de repente surtar. 2009, depois de três anos intensos de ensino médio, a formatura tinha chegado, até então, o que eu pensava ser um alivio, tornou-se algo obscuro. Era bom por que poderia me […]

A biblioteca de promessas

A biblioteca Camille era um castelo de histórias em promessa. Pelos corredores dela, jovens desesperados digitando seus trabalhos, procuravam livros para trabalhos finais na faculdade, senhores aposentados liam cotidianamente mais um clássico deixado para trás. Ela, Camila, ia pela curiosidade de uma menina de 13 anos que ainda estava começando a descobrir o que significava […]