23 incríveis animais retratados pelas imprevisíveis cores das aquarelas

bicho-bicho

Publicado por Nota Terapia

O artista  Luqman Reza Mulyono conta que foi ao lado de um caderno de desenhos que passou os melhores momentos de sua infância. Nascido de uma família modesta, foi com lápis, pincel e papel que ele gastou grande parte do pouco dinheiro que tinha. Ele trocava o desenho, inclusive, pelas brincadeiras com outros meninos. Diz ele: “Para mim, um pedaço de papel é um playground que eu posso preencher com qualquer coisa. Eu tenho a liberdade de construir com minha imaginação e eu soube, desde o começo, que eu havia descoberto a alegria da minha vida.”

Quando cresceu, como pessoa e como artista, ele concentrou seu trabalho com as aquarelas “sem se importar muito com as regras e técnicas” necessárias. Ele foi percebendo, aos poucos, as múltiplas possibilidades de uso da tinta misturada na água e como ela se coloca no papel em toda sua instabilidade. Após este aprendizado, faltava ainda uma inspiração. A natureza, para ele, sempre foi uma fonte inesgotável de ideias, principalmente as criaturas vivas e os animais selvagens. Assim, ele decidiu misturar suas duas paixões: a aquarela e as mudanças pulsantes da natureza para compor suas obras. O NotaTerapia selecionou uma série delas! Confira:

*Optamos por deixar o título das obras em original para manter o máximo possível as intenções do pintor, na medida em que os nomes significam sempre coisas diferentes das retratadas nos quadros.

Last kiss

Rest in peace

Have a nice dream

Lovely spring

Deers

Taken

Love goes on

Timescape

Autumn

Lonely

Lay me by your side

See you in heaven

Big Surprise

Burning sky

Ma boy

Memories

Shower

Spring

Reflected in the blue sky

Funeral

Leo

Forest

Peace

Para mais obras do autor, acesse:  artjongkie.com | Instagram | Facebook

Fonte: http://www.boredpanda.com/watercolor-animal-illustrations-luqman-reza-mulyono/?utm_source=facebook&utm_medium=link&utm_campaign=BPFacebook

SOBRE O AUTOR

28 anos, dramaturgo, letrista, crítico e flamenguista. É bacharel em Teoria do Teatro pela UNIRIO, onde atualmente é graduando do curso de Letras/Literaturas. É adepto da leitura, pesquisa, cinema, cerveja e ócio criativo. Desde 2011 é membro do grupo Teatro Voador Não Identificado. Facebook: http://www.facebook.com/ziul.ribeiro Twitter: http://www.twitter.com/ziul