JESSICA JONES E RELACIONAMENTOS ABUSIVOS

AKA-Jessica-Jones-begins-filming

Post compartilhado com o Literatortura

Jessica Jones é um dos grandes achados, em termos televisivo, do ano. Uma série que conta uma protagonista feminina forte, “problemática” e extremamente complexa. O que poderia ser um tremendo erro, dependendo da forma com que a personagem fosse retratada.

Isso porque, em termos de histórico, as produções televisivas costumam errar feio e tratar a mulher alcoólatra e solitária como alguém a quem “falta amor (de homem, geralmente)”, como alguém ressentida, frígida e com resquícios de ‘megera’.

Não, Jessica Jones não faz isso.

Ainda bem.

Jessica Jones retrata sua protagonista com todo o respeito necessário e entra para o seleto grupo de seriados femininos incríveis, como How to Get Away With Murder, Orange is the new black (também da Netflix), Scandal, The Good Wife e tantas outras.

Veja nosso vídeo que aborda a incrível metáfora sobre relacionamentos abusivos em Jessica Jones:

 

SOBRE O AUTOR

idealizador e administrador do site, do canal e da página Literatortura; seu primeiro livro: "ovelha - memórias de um pastor gay" será publicado em agosto de 2015, pela Geração Editorial.