Quando a maquiagem encontra a literatura: Contos de fada e clássicos da literatura transpostos na pele!

Sem título

A maquiadora israelense Tal Peleg cria incríveis ilustrações usando seus olhos como tela e maquiagem como tinta. Dentre suas muitas criações, encontra-se uma série de paisagens e personagens baseadas em contos de fadas e clássicos da literatura. É quase como se os olhos que servem de tela representassem as imagens criadas pela imaginação quando lemos essas palavras de sonho.

E além da beleza de suas obras, a riqueza de detalhes usando um meio tão inusitado em uma superfície tão pequena é impressionante! Também analisando de maneira artística, as cores são muito bem escolhidas, criando os contrastes e sombras em partes ideais da pintura.

Essas imagens são provas, de maneira mais pop, de que a maquiagem não é somente uma parte da moda ou estética, podendo ser uma forma de expressão artística por si só. Não é a toa que os maquiadores em inglês se denominam “make-up artist”, algo como “artista da maquiagem” ou “artista maquiador” – evidentemente não todos eles merecendo esse título.

Aliás, a arte com o corpo, de maneira geral, pode ser entendida dessa maneira dependendo de como foi criada e com quais intenções, passando quais ideias e conceitos. Podemos lembrar-nos do exemplo interessante, porém não exatamente semelhante, do famosíssimo Yves Klein, artista pioneiro do século XX que usou seres humanos como pincéis – ou talvez carimbos – pintando primeiramente seus corpos para depois posicioná-los de certa forma na tela, criando assim as imagens desejadas.

Sem mais delongas, confira abaixo algumas dessas imagens inspiradoras de Tal Peleg:


Branca de Neve


Cinderela


João e Maria


A Princesa e o Sapo


Rapunzel


A Pequena Sereia 
 


Chapeuzinho Vermelho


A Noviça Rebelde baseado no livro Story of the Trapp Family Singers de Maria von Trapp


E o Vento Levou de Margaret Mitchell


A Maravilhosa Viagem de Nils Holgersson através da Suécia de Selma Lagerlöf


O Fantasma da Ópera de Gaston Leroux


O Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry


O Diário de Anne Frank


Edgar Allan Poe


“The moon is friend for the lonesome to talk” (“A lua é amiga dos solitários para conversar” em tradução livre) do poeta Carl Sandburg

E por último, não é bem literatura, mas é Dali e é lindo:

Revisado por Duda Delmas

SOBRE O AUTOR

Aline Pascholati é artista plástica, escritora, tradutora e historiadora da arte pela Université Paris 1 – Panthéon-Sorbonne. Autora dos livros Paris com pouco dinheiro e FRANCE – C’est magnifique! Atualmente está trabalhando em seu terceiro livro. Louca por aprender novas línguas, viajar e descobrir jovens estilistas talentosos nas semanas de moda pelo mundo a fora. Curta Aline Pascholati's Art: https://www.facebook.com/alinepascholatisart