Transição, como lidar – Guia de sobrevivência de uma cacheada

TRANSIÇÃO-CAPILAR

Quem já passou por isso sabe: Transição não é moleza. Largar os alisantes é quase um tratamento de desintoxicação, pra começar, você tem que abrir mão do tipo de cabelo que está acostumada há anos, lidar com as ondinhas da raiz, as pontas esticadas e um monte de gente enchendo o saco dizendo (leia em voz irritante):“Aiiii, fica lisa mesmoooo, mais bonitooo”. Como se já não fosse difícil o suficiente você se convencer todo dia de que é isso mesmo que você quer, ainda vem alguém minar o seu sacrifício.
A transição é um maldito período, que dura mais ou menos dois anos, onde todo dia, é ‘bad hair day’. Você vive na chapinha/escova ou com ele amarrado num coque mixuruca. Sempre me perguntam como eu aguentei, e a verdade é: Eu também não sei.
Como eu não conhecia nenhum blog que falasse sobre cabelos cacheados, ou canais do Youtube que tivessem truques para sobreviver à esta catástrofe, optei por passar todo este período fazendo chapinha, babyliss e amarando. O que resultou em um cabelo detonaaado no fim do período. Então se eu posso fazer um pedido de coração é: Evite a chapinha. Mas se você não conseguir, tente pelo menos hidratar sempre!


Pra gente não desanimar e se render às progressivas milagrosas, eu diria que existem 3 regrinhas “simples”:
Pesquisar, se inspirar e esperar. Procure cabelos reais, não esses que parecem que acabaram de sair do salão e não tem um frizz, isso não existe ou é muuuuito raro, nosso cabelo é assim, e se você olhar as suas fotos de criança, vai achar provas de que mesmo esses fiozinhos fora do lugar podem ficar charmosos. Experimente diferentes modos de texturização e pense , você já chegou até aqui, um dia vai valer à pena.
Pra ajudar vocês, trouxe alguns vídeos que mostram técnicas para modelar o cabelo neste período, e até para quem já é cacheada, mas não está gostando do cabelo esses tempos. Eles não são de canais grandes como o da Rayza Nicácio, ou da Gil Viana, mas de meninas que simplesmente resolveram fazer vídeos mostrando como elas lidam com o cabelo indefinido. Um deles, é de um canal que eu super recomendo, o : Diário de uma transição.
Por hoje é isso, mas semana que vem vou falar um pouco sobre o meu Big Chop e trazer fotos de como foi esse período pra mim. Acreditem, foi duro.

Ps: Não sei colocar a miniatura dos vídeos, mas cliquem aí e confiram.
http://https://www.youtube.com/watch?v=-DODkLIHSoM
Técnica de texturização para cabelo em transição

https://www.youtube.com/watch?v=nzxdCkD0vZo
Texturização com “coqueirinho”

https://www.youtube.com/watch?v=LxVLOcPkrY0
Cuidados a serem tomados durante a Transição

Cacheadas, onduladas e crespas que quiserem contar sua história com seus enroladinhos, mandem um e-mail para luanna.duque@gmail.com com fotos de diferentes períodos capilares e um texto sobre o que vocês tem a dizer para quem ainda não veio para o lado cacheado da força.

SOBRE O AUTOR

Luanna Jales. Ex estudante de Moda da UDESC, atualmente estuda História na UFSC. Aluna do contra, foi para a Moda estudar história, e agora que estuda História adora discutir Moda. Sonha em ser cerimonialista, figurinista e professora, tudo ao mesmo tempo. Quer conhecer o mundo e ensinar a uma pessoa de cada vez que Moda não se define pelo o que vai se usar na próxima estação. Por fim, ama Charles Schulz com a mesma força com que Schoreder ama Bethoven.